Você está aqui: Home / Artigos / Muda, Pré Bonsai e Bonsai

Muda, Pré Bonsai e Bonsai

Esta matéria serve para ajudar você a entender melhor as diferenças entre muda, pré bonsai e Bonsai.

muda, pré bonsai e bonsai

 

O nascimento de uma √°rvore em seu habitat original ocorre na grande maioria das vezes com a natural produ√ß√£o em massa de sementes que se espalham pelo ambiente de maneiras, as mais curiosas. Algumas sementes com perfis aerodin√Ęmicos perfeitos s√£o levadas pelos ventos e chegam a percorrer quil√īmetros at√© reencontrarem o solo. No ch√£o, muito poucas conseguem superar as dificuldades e germinar. Para isso √© preciso que nenhum p√°ssaro as aproveite como alimento; que o clima mantenha-se em condi√ß√Ķes ideais de umidade e temperatura; que o solo onde a semente pousou seja f√©rtil e o local possua condi√ß√Ķes adequadas de ilumina√ß√£o.
Os primeiros meses de vida tamb√©m ser√£o dif√≠ceis. Nenhum animal pode cobi√ßar a pequenina muda como alimento, o sol n√£o poder√° estar muito forte e nem as chuvas muito agressivas. As condi√ß√Ķes qu√≠micas, f√≠sicas e biol√≥gicas do solo precisar√£o estar registradas dentro da mem√≥ria gen√©tica desse vegetal para que ele possa se desenvolver saud√°vel como a √°rvore que o originou. Somente as mudas mais resistentes e melhor adaptadas ao ambiente sobreviver√£o. Essa dificuldade toda deixa claro a fragilidade das pequenas mudas.
√Č muito comum na inicia√ß√£o da pratica do bonsai que pessoas comecem a cultivar ‚Äú√°rvores em vasos‚ÄĚ utilizando-se de mudas. Livros de bonsai, normalmente trazem em seu in√≠cio o tema ‚ÄúComo produzir uma muda de √°rvore‚ÄĚ, com t√©cnicas simples ou mais complicadas como enxertos e alporques. Alguns cursos de inicia√ß√£o ao bonsai s√£o elaborados para proporcionar o aprendizado de algumas atividades como aduba√ß√£o, troca de terra e at√© modelagem com arame em √°rvores muito novas (mudas). Estas pr√°ticas de ensinamentos podem ser perigosas, tanto pela inexperi√™ncia do iniciante como pela fragilidade das mudas. Infelizmente, muitas pessoas no Brasil que tentaram o cultivo do ‚Äúbonsai‚ÄĚ e desanimaram por n√£o obterem os resultados satisfat√≥rios desejados. Essas pessoas at√© se identificam com essa ‚Äúbrincadeira chamada bonsai‚ÄĚ, mas a insatisfa√ß√£o em ver fenecer um vegetal ou um ser vivo, muitas vezes desanima e provoca desist√™ncia.

Quando uma pessoa pela primeira vez se depara com um autentico bonsai, se surpreende e se interroga:
Como podem viver √°rvores com dimens√Ķes t√£o reduzidas, manter-se t√£o belas e at√© mesmo majestosas ?
Como podem viver saud√°veis dentro destes min√ļsculos vasos ?
Sim, √© um choque cultural. O mundo ocidental n√£o estava acostumado com o bonsai. Entretanto essa descoberta maravilhosa aconteceu h√° mais de 2000 anos no oriente e somente a partir do s√©culo passado os ocidentais dele tomaram conhecimento. Para n√≥s brasileiros, que usamos as plantas com pouca frequ√™ncia em nossos lares, este ‚Äúmilagre‚ÄĚ de uma √°rvore poder ser tratada e modelada tornando-se um objeto de t√£o rica beleza e encantamento √© realmente surpreendente.
Ao adentrarmos em uma boa exposição de bonsai nos deparamos com ARTE.
A mesma arte que encontramos na pintura, escultura, musica, dan√ßa e tantas outras formas em que o ser humano p√Ķe em pr√°tica sua sensibilidade, engenhosidade e intelig√™ncia para dominar a mat√©ria a fim de provocar emo√ß√Ķes. Mas o bonsai, diferentemente de outros tipos de arte, precisa de muito tempo para apresentar caracter√≠sticas essenciais que provoquem uma verdadeira emo√ß√£o est√©tica. A primeira vista podemos dizer que a forma de ‚Äúmini-√°rvore‚ÄĚ dos bonsai naturalmente nos encanta, pois √© forma reduzida do que estamos acostumados a ver e admirar. Mas n√£o √© qualquer √°rvore que nos chama muito a aten√ß√£o. Na verdade apreciamos aquelas mais altas, mais grandiosas, mais antigas, com troncos rugosos e grossos, com formas e texturas onde √© claramente poss√≠vel identificar sua longevidade; s√£o as que mais nos impressionam. Isto nos d√° uma clara id√©ia de que as √°rvores mais antigas s√£o as mais belas e emocionantes, e devem ser imitadas. Imitadas em todas as suas formas e beleza.
Tudo o que na natureza nos é possível observar e admirar.
Até parece fácil !
Mas essa naturalidade custa algum tempo para se desenvolver. Somente depois de muitos anos, com podas regulares √© que uma muda ter√° seu tronco engrossado. E se ela for trabalhada desde cedo com podas freq√ľentes para se pr√©-determinar um estilo,¬† ser√° mais f√°cil transform√°-la em um bonsai.
As mudas, que s√£o trabalhadas por algum tempo, geralmente produzidas por viveiros especializados, s√£o chamadas de Pr√©-bonsai. Estes se caracterizam por seus troncos mais grossos, sua copa com dimens√Ķes reduzidas e estilo pr√©-definido. O pr√©-bonsai muitas vezes √© produzido de galhos atrav√©s de t√©cnicas especiais que permitem o surgimento de ra√≠zes no pr√≥prio galho. Esta t√©cnica traz a vantagem de proporcionar troncos mais grossos em relativamente pouco tempo de tratamento. Mas em contra partida n√£o possuem um dos aspectos mais valorizados nos bonsai, seu enrraizamento na base do tronco¬† (nebari). De qualquer forma independente da t√©cnica usada, desde que bem usada, as mudas ser√£o na grande maioria das vezes mais fr√°geis que um pr√©-bonsai. A reserva de energia de uma √°rvore √© armazenada em sua estrutura de galhos, troncos e ra√≠zes, de tal forma que galhos mais finos, ra√≠zes pouco desenvolvidas deixam a muda mais fr√°gil.
A defini√ß√£o de bonsai deve ser compreendida e n√£o traduzida. O bonsai n√£o √© s√≥ um substantivo, mas tamb√©m um verbo. Qualquer tratamento que se d√™ a esta ‚Äú√°rvore envasada‚ÄĚ, inclusive o mais simples, √© definido como bonsai. Bonsai √© regar, bonsai √© adubar, bonsai √© transplantar, bonsai √© podar, bonsai √© caprichar‚Ķ, o melhor de tudo √© que o bonsai √© um lazer art√≠stico acess√≠vel a todas as pessoas, e n√£o somente aos grandes mestres.
√Č muito importante para os iniciantes esta compreens√£o de prazer l√ļdico ao ‚Äúbrincarmos‚ÄĚ com o bonsai. Muitas vezes, a mentalidade ocidental nos faz querer tudo de uma maneira imediatista e competitiva. O cultivo do bonsai carrega em si muito do esp√≠rito oriental antigo, onde o tempo n√£o tem tanta import√Ęncia, onde a felicidade pode ser encontrada em pequenos detalhes do dia a dia e onde o perfeccionismo se imp√Ķe fortemente. Infelizmente nossa modernidade carrega como qualidades o resultado r√°pido, e √© muito comum no ocidente o valor das exibi√ß√Ķes em que os mestres procuram mostrar a transforma√ß√£o de um pr√©-bonsai em bonsai em uma √ļnica exibi√ß√£o de 3 ou 4 horas. Estas pr√°ticas s√£o incomuns no Jap√£o. Devemos procurar conhecer esse ‚Äúoutro lado‚ÄĚ, buscar continuamente o prazer nas pequenas a√ß√Ķes que esta pr√°tica nos proporciona, sem ansiedade, melhorar cada vez mais um bonsai independentemente de sua idade, pois o efeito em nosso crescimento ser√° igual.
Entretanto é necessário compreender a existência de uma visão ocidental e que esta deve ser respeitada. Mas certamente o praticante ocidental de bonsai poderá ganhar muito ao descobrir que esta pode ser uma forma de aprimoramento de qualidades essencialmente humanas, como a paciência, a humildade, a tenacidade, a perspicácia e serenidade de espírito. A concentração e a disciplina exigida pelo bonsai e o estado sereno necessário para sua prática nos remetem a um estado meditativo que nos permite ausentarmo-nos de nosso ego e nos tornarmos mais placidamente irmanados com a natureza.

Texto retirado da internet.

Sobre Mac Donald Fernandes

16 Coment√°rios

  1. belo texto, mas não consegui entender a diferença entre um pré-bonsai e um bonsai.

    Eu só faço com mudas, ainda não consegui realizar de maneira correta um alporque, contudo, fica difícil diferenciar um bonsai e um pré-bonsai a partir de mudas!

    • Mac Donald Fernandes

      A diferen√ßa entre um pr√© bonsai e um bonsai √© que o pr√© para se tornar um bonsai precisa de um vaso de cer√Ęmica e n√£o de pl√°stico, j√° precisa ter uma boa ramifica√ß√£o mas faltando refinamento. S√≥ chamamos de bonsai a planta que est√° no vaso, com o estilo definido e j√° bem refinada… Como na foto perceba. A planta do vaso pl√°stico precisa de um bom vaso e um refinamento em seu nebari, assim como precisa de que suas folhas crescam… Entemdeu? abrass

  2. Meu queixo caiu agora, maravilhoso texto, agora entendi pq √Ī estou mais querendo comprar bonsai, pq qndo me deparo c/ uma arvore grande, antiga, entortada, enfim… ja fico logo c/ vontade de imita-la em um bonsai.
    Parabens + uma vx, q Deus continue te iluminando e nos abençoando c/ sua presença e sabedoria
    abçao

  3. Muito bom texto ! ! !

  4. Ouvimos muito falar sobre como cuidar de um Bonsai, mas e pré bonsai e mudas?

    Como devemos cuidar deles as dias s√£o as mesmas dos Bonsai? Tenho muita d√ļvida sobre a rega j√° que a muda, pr√© bonsai esta em vasos maiores ent√£o a rega seria mais moderada.

    Obrigado pelo belo post Mac! Vlw!

  5. link das imagens com problema, n√£o esta exibindo as imagens!

  6. J√° procurei em tudo que √© canto… n√£o achei.
    Como criar uma planta com um bom nebari?

  7. estou comesando já tenho algumas mudas feitas por mim ,de varias formas,vc mostra tudo q um aprendis precisa,vc é o CARA

  8. Guilherme Morelli Faria

    Excelente site! Estou lendo todos os artigos e assistindo à todos os videos! Parabéns pela iniciativa!
    Mac, tem uma coisa que não compreendi muito bem. Porque você corta a raiz pivotante no transplante?
    Tenho uma muda de ipê que plantei (a semente) faz uns 2 anos. Agora no inverno pretendo passa-la para uma bacia, assim como você faz, para deixar engrossar o tronco antes de colocar no vaso de bonsai. Você faz alguma ideia de como seria um bom substrato para o ipê?

    Obrigado!

    • Mac Donald Fernandes

      Guilherme, eu corto a pivotante para for√ßar o crescimento das ra√≠zes que v√£o para os lados (radiais). Isso melhora o nebari e d√° mais valor art√≠stico ao bonsai… Substrato de ip√™ eu to colocando terra de quintal mesmo (terra preta) com 50% de caqueira… Meio a meio.. to me dando bem com isso.. abra√ß√£o

  9. Guilherme Morelli Faria

    Entendi, Mac. Muito obrigado, espero conseguir bons resultados!
    Depois faça um vídeo pra mostrar o desenvolvimento e como você vai fazer pra estilizar seu ipê.
    Abraco

  10. Selma Sobrinho Sobrinho

    Adorei, realmente tem tudo que um iniciante precisa saber, pois conheci o bonsai a pouco tempo e me apaixonei, tenho pesquisado o máximo que posso e pretendo tentar fazer um com uma muda de Eugenia, você tem alguma dica que possa ajudar-me e qual o fertilizante apropriado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Encontre-nos no Facebook

Social